O Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) participa, de quinta-feira a sábado (25 a 27/04/2024), do 4º Congresso Brasileiro de Urgências e Emergências – organizado pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). A programação do evento conta com diversos especialistas do HCB, palestrando sobre temas como bronquiolite aguda, crise metabólica e o paciente com doença falciforme na emergência.

Segundo a presidente do congresso, Vilany Félix, o evento traz aos participantes a busca pela atenção humanizada em Pediatria. "Devemos mudar o conceito de entrega de valor focada na doença para a entrega de valor focada no bem-estar das nossas crianças. Queremos que nossos profissionais sejam pessoas de alma. Contribuindo com o conhecimento,  possibilitaremos a geração de um maior impacto a uma instituição de saúde do mundo do paciente 4.0 que temos hoje", disse Félix. Ela ainda aconselhou os médicos e estudantes presentes no congresso: "Busquem novas soluções para velhos dilemas, focando nos resultados para o cliente e minimizando os custos para o sistema".

O HCB conta com mais de 20 profissionais na programação do congresso. Para a diretora clínica do Hospital, Elisa de Carvalho, isso mostra o preparo da Instituição. “A urgência e emergência se estendem a todas as especialidades, pois todas elas têm suas especificidades na urgência. A participação dos especialistas é importante para alertar o pediatra geral, que está na ponta,  a pensar em diagnósticos que podem fazer a diferença na sobrevida da criança”, afirma.

A presidente da Sociedade de Pediatria do Distrito Federal (SPDF), Luciana Monte (foto acima), também é pneumologista no Hospital da Criança de Brasília e afirma que a participação no congresso mostra que o HCB “é protagonista não só pela assistência, como na educação continuada, na capacitação profissional, em atualizações e na pesquisa”. Segundo ela, a programação do congresso vai além da assistência em casos de urgência e emergência, voltando-se também à ciência, gestão e educação em saúde. “Sabemos que a assertividade diagnóstica, sistematização da assistência, humanização, comunicação clara e trabalho em equipe são cruciais para obtermos melhores chances de sucesso - e nosso sucesso significa vida, redução de danos. Eventos como esse resultam em boas práticas clínicas, beneficiando os profissionais de saúde e, também, as crianças e a população em geral”, afirma Monte.

O coordenador da infectologia do HCB, Bruno Lima, é um dos especialistas do Hospital a participar do evento. “Vamos falar sobre doença meningocócica, febre maculosa, choque tóxico, infecções não tão comuns, mas que chegam aos hospitais, então é importante compartilhar esses conhecimentos”, conta o médico, cuja palestra traz “questões epidemiológicas importantes sobre o impacto que o Covid teve na pediatria e o pós-Covid, o que estamos vivendo agora, com o ressurgimento de algumas infecções bacterianas”.

Além de palestras como emergências psiquiátricas e questões relacionadas a válvulas de hidrocefalia, o HCB ofereceu oficinas práticas voltadas ao cuidado de urgência com pacientes críticos. Por meio de simulação realística, os participantes puderam praticar ressuscitação cardiopulmonar, intubação orotraqueal e simulações clínicas de casos como meningite e sepse. “São habilidades que não são tão rotineiras para o pediatra no dia a dia, mas precisam ser desenvolvidas de forma contínua”, explica a coordenadora da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital, Selma Kawahara (foto acima).

O médico Roberto Silva, que atua com pediatria geral no Hospital São Lucas (Juína, Mato Grosso), participou da simulação: “A oficina foi ótima, essa uma questão que sempre precisamos rever; acho que a reciclagem de conhecimentos é fundamental para todo médico”.

Myrella Turbano, estudante de Medicina do Centro de Ensino Superior do Vale Parnaíba, gostou da metodologia adotada. “A simulação é interessante porque nos aproxima do paciente. Claro que não é possível ter certeza de como vai ser com a criança, em si, mas já ficamos mais próximos da realidade de um atendimento”.

O 4º Congresso Brasileiro de Urgências e Emergências vai até sábado (27/04/2024), no Centro de Convenções Brasil 21, ainda com palestras de especialistas do Hospital da Criança de Brasília e com a realização de oficinas de simulação realística.

 

Texto e fotos: Maria Clara Oliveira

Saiba Mais +

O ato de brincar durante a abordagem ao paciente reduz a dor, pelo conhecimento vivenciado pelo paciente, através de brinquedos improvisados e bonecos de pano

Durante a abertura da Semana da Enfermagem foram divulgadas ações das equipes de Segurança do Paciente que agora inspiram outros hospitais.

O Dia do Pedagogo, celebrado em 20/05, reuniu, no HCB, estudantes e profissionais da área para assistir à palestra sobre a prática pedagógica em âmbito hospitalar