HCB inaugura oficialmente seu laboratório

23/12/2022

O Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) inaugurou, na segunda-feira (28/11/2022), seu Laboratório de Pesquisas Translacionais. O evento contou com a participação do presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Evaldo Ferreira Vilela; da secretária de Atenção Especializada à Saúde do Ministério da Saúde, Maíra Botelho; do secretário-adjunto de Assistência à Saúde da SES/DF, Luciano Agrizzi; do deputado distrital Martins Machado e da presidente da Associação Brasileira de Assistência às Famílias de Crianças Portadoras de Câncer e Hemopatias (Abrace), Maria Ângela Marini.

O Laboratório de Pesquisa Translacional tem como finalidade o desenvolvimento de novas tecnologias que contribuam para o diagnóstico e informações moleculares com aplicação imediata à clínica e começou a ser implantado em 2014. Desde então, o setor tem passado por constante evolução, para garantir a excelência nos serviços prestados.

Segundo a superintendente executiva do HCB, Valdenize Tiziani (foto acima), ele é parte fundamental da cultura que o Hospital desenvolveu de dedicação à ciência. “Gradualmente, fomos estruturando esse laboratório com novos equipamentos, novas tecnologias - precisamos mencionar o fundamental apoio da Abrace e do projeto McDia Feliz, que sempre ajudou a complementar - e, também, a constituição e maturação da equipe, a consolidação das linhas de pesquisa”, afirma. Tiziani também explica que, “por meio desse laboratório, conseguimos realmente fazer ciência e entregar resultados imediatos para a prática clínica, fazer um diagnóstico preciso e um tratamento orientado individualmente para cada paciente”.

O presidente do Instituto do Câncer Infantil e Pediatria Especializada (Icipe), Francisco Duda (foto acima), afirmou que “é um orgulho saber que um laboratório como esse, já com premiações, realizações tão grandes, existe em um hospital público, que é SUS, em Brasília. Parte do reconhecimento recebido pelo Hospital não seria possível se não fosse a existência desse laboratório”.

Durante o evento, o biólogo Ricardo Camargo (foto acima), supervisor do laboratório, explicou que, “hoje, o setor é uma peça imprescindível dentro do tratamento, da terapêutica, além da pesquisa de conhecimentos em pediatria”, possibilitando “caracterizar, com aspectos clínicos e laboratoriais, o que o indivíduo precisa receber em termos terapêuticos e como ele vai evoluir”. Camargo também falou sobre o histórico do laboratório e sobre a produção científica que é fruto das pesquisas realizadas no Hospital.

Para a secretária de Atenção Especializada à Saúde do Ministério da Saúde, Maíra Botelho (foto acima), garantiu que o HCB “já é motivo de orgulho para o Ministério há bastante tempo. Esse Hospital já ganhou relevância nacional”. Ela destacou, também, a contribuição prestada pelo HCB no auge da pandemia de covid-19, quando os exames de diagnóstico para a doença passaram a ser analisados no Laboratório de Pesquisa Translacional.

O presidente do CNPq, Evaldo Ferreira Vilela (foto acima), elogiou as conquistas da equipe do Laboratório: “Vimos, aqui, o que a ciência é capaz de fazer. Vejam o benefício desse trabalho para as famílias; isso vem da pesquisa científica, tecnológica e da capacidade de hospitais como esse”. Vilela saudou, também, as pessoas e instituições que apoiam as atividades de pesquisa do Hospital.

O secretário-adjunto de Assistência à Saúde da SES/DF, Luciano Agrizzi (foto acima), representou a secretária de Saúde Lucilene Florêncio na cerimônia.“Vemos diferentes pessoas da sociedade participando de forma efetiva para apoiar ações como essa, que vão ajudar um perfil populacional tão sensível, que é o público pediátrico. Com relação à evolução, temos que ter o ensino, a pesquisa; a população infantil necessita que tenhamos esse empenho”, disse.

O deputado Martins Machado também se pronunciou, afirmando que o trabalho do HCB se compara com experiências científicas e tecnológicas internacionais. “As crianças que chegam aqui são muito bem atendidas e isso impacta na vida delas, das famílias”, disse.

Ao final da cerimônia, houve a abertura simbólica das portas do Laboratório e de um painel que representa pessoas e instituições que, desde 2014, contribuem com a aquisição de novos equipamentos e insumos para a modernização do setor.

 

Texto e fotos: Maria Clara Oliveira