Força e carinho em toucas de crochê

21/09/2022

Crianças e adolescentes internados para tratamento oncológico no Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) receberam, na sexta-feira (02/09/2022), toucas de crochê confeccionadas pelas voluntárias do projeto Fios Encantados, de Jundiaí (SP). Feitas de forma lúdica, as toucas também funcionam como fantasias de heróis e princesas, alegrando as crianças.

Vitória Costa (foto acima), 16 anos, se encantou com a touca da Mulher Maravilha, que tinha um longo cabelo feito de lã. Vaidosa, a menina começou a perder o cabelo durante o tratamento e, por isso, gosta de usar perucas. Para ela, a touca “é um presente especial, você sabe que tem gente que tenta te fazer mais feliz”.

Júlia Alves (foto acima) completou 15 anos na mesma sexta-feira da visita do projeto; as toucas foram como um presente, além de serem trazidas no mesmo dia que a adolescente resolveu cortar o cabelo. “Decidi cortar porque a médica falou que a quimio acaba com o cabelo; cortei e resolvi doar”, explica Júlia, que agradeceu a doação das voluntárias paulistas: “Fico muito feliz de saber que tem pessoas de bom coração que estão dispostas a ajudar”.

A visita do projeto Fios Encantados teve outra razão para ser especial para Júlia: a entrega das toucas foi um momento lúdico e de interação entre os pacientes, possibilitando conversas e novas amizades. Enquanto apreciavam os presentes que receberam, Júlia e Vitória descobriram várias semelhanças no tratamento que recebem e puderam comparar experiências. “Saber como é o tratamento ajuda a me tranquilizar, me acalmar. É bom conhecer alguém que me entende, que já passou por isso”, diz Júlia.

O Fios Encantados foi criado pela voluntária Mara Gisele; embora já realizasse outras atividades em apoio a instituições de saúde, ela tinha vontade de atuar especificamente com crianças em tratamento contra o câncer. Mara divulgou sua ideia em um jornal de Jundiaí e, rapidamente, reuniu várias pessoas interessadas em colaborar. “Hoje, fazemos toucas inspiradas em 15 personagens: Elsa, Moana… A de unicórnio foi uma das últimas, uma menina pediu para a gente fazer. Os meninos gostam do Hulk - que tem cabelo! -, do Homem-Aranha; a do Thor não é só uma touca simples, tem bainhas que parecem o capacete dele”, conta.

O projeto já realizou ações em diversos estados brasileiros; Mara Gisele participa de todas elas, acompanhada sempre de uma das outras integrantes do grupo. As que permanecem em Jundiaí, no entanto, também conseguem participar: cada touca é acompanhada de uma carta, escrita à mão, com mensagens de força e carinho para as crianças.

O presente surtiu efeito em João Miguel Sampaio (foto acima), seis anos: “Eu adoro o Homem-Aranha, adoro todos os heróis e tenho super força”. A mãe do menino, Sheila Sampaio, conta que filho gosta de toucas e chapéus. “Pode ser uma coisa simples, mas para ele, esse momento é sensacional. Ele tinha o cabelo bem grandão e, quando teve que cortar, acho que ficou meio incomodado. Eu comprei um monte de chapeuzinhos e ele acostumou, não gosta de ficar sem”, explica.

 

Texto e fotos: Maria Clara Oliveira