Estrutura do HCB é modelo para escolas

28/08/2021

O Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) foi visitado por gestores do Ministério da Educação (MEC) e do Governo do Distrito Federal (GDF) na segunda-feira (16/08/2021). Como o Ministério pretende construir escolas bilíngues para a comunidade surda, o HCB foi apresentado como modelo de construção ágil e de qualidade, devido à tecnologia utilizada pela Organização Mundial da Família (WFO, na sigla em inglês). Recebidos pelo superintendente executivo do HCB, Renilson Rehem, e pelo presidente do Instituto do Câncer Infantil e Pediatria Especializada (Icipe), Francisco Duda, os visitantes conheceram a estrutura da Unidade de Internação do Hospital.

“A ideia é aproveitar uma experiência que foi bem-sucedida, como essa – inclusive com redução de custos e tecnologias modernas, permitindo manutenção mais barata e durabilidade –, e transportar essa experiência para o modelo da escola bilíngue”, afirmou o subsecretário de Infraestrutura Escolar do GDF, Leonardo Balduino.

A diretora de Políticas Educação Bilíngue de Surdos do Ministério, Crisiane Batti, elogiou o atendimento oferecido pelo HCB e relacionou os resultados do Hospital, também, à qualidade de sua estrutura física. “Sabemos que as construções tradicionais acabam se deteriorando com o tempo e, aqui, estamos vendo essa qualidade e durabilidade dos materiais. Fico imaginando isso na educação, também seria algo maravilhoso”, disse.

A visita foi viabilizada pela secretária de Modalidades Especializadas de Educação do Ministério da Educação, Ilda Peliz, que também é ex-presidente da Associação Brasileira de Apoio às Famílias de Crianças Portadoras e Câncer e Hemopatias (Abrace).

 

Texto: Maria Clara Oliveira
Edição: Carlos Wilson
Gerência de Comunicação: Ana Luiza Wenke