Uma guerreira volta pra casa depois de 214 dias na UTI

20/04/2020

Kamilla Viana recebeu alta na sexta-feira (17/04/20), depois de 214 dias na Unidade de Terapia Intensia (UTI). Ela era acompanhada pelo Hospital da Criança de Brasília (HCB) há 4 anos, por causa de uma distrofia muscular: recebeu o diagnóstico aos 12 anos de idade, quando começou a sentir fraqueza nas pernas e nos braços e precisou de exames.
 
A jovem ama assistir séries de terror e novelas, participar de jogos eletrônicos de ação e mexer no celular. Ela sempre fica muito alegre com as visitas dos voluntários do Hospital. No futuro, gostaria de seguir a carreira de psicóloga. “Acho um trabalho muito legal e bonito, ajuda muitas pessoas", conta Kamilla.
 
Durante a internacão, Kamilla fez muitos amigos e falou muito sobre seus sonhos. Dois deles foram realizados com o esforço conjunto dos funcionários do Hospital. O primeiro era ter um computador para realizar os seus estudos à distância. O próprio superintendente executivo do HCB, Renilson Rehem, entregou o notebook para ela. O outro sonho era receber a assistência médica necessária à sua saúde em casa. A vaga para que ela recebesse o atendimento também foi conseguida antes da jovem sair do Hospital. Com dois sonhos realizados, Kamilla conta que falta mais um: ser curada.
 
Essa foi a última internação de Kamilla no Hospital da Criança de Brasília, porque ela acabou de completar 18 anos. Depois de encerrar seu acompanhamento no HCB, ela agradece ao Hospital por todo o cuidado: “Saindo daqui, me sinto feliz e triste ao mesmo tempo; aqui é minha segunda casa, sempre fui muito bem atendida, com muito cuidado. Estou indo embora, mas não quero perder contato nunca”.