Terapia do Riso

12/03/2014

Mizael Cavalcante, de cinco anos, observa sete palhaços e um violão divertirem crianças na Unidade de Terapia Endovenosa (UTE) do Hospital da Criança de Brasília José Alencar. Com pés inquietos, o menino troca de lugar com os artistas e assume comando da apresentação: pede atenção dos palhaços, dança, inventa passos e provoca sorrisos naqueles acostumados a alegrarem o ambiente. No ritmo de músicas pedidas pelo garoto, os adultos de maquiagem e figurino se divertem com a pequena estrela do show.

A visita do grupo ‘Risadinha’, composto por atores formados em artes cênicas pela Universidade de Brasília (UnB), na segunda-feira (24/02), resultou em momentos marcantes – como o de Mizael. As brincadeiras, marchinhas e canções são resultados de muito treino. Há mais de dez anos, ‘Risadinha’ atua em hospitais. “O nosso objetivo é divertir o máximo possível, por isso temos uma rotina de oito horas de treino semanal tanto cênico, quanto musical”, explica Ana Flávia Garcia, coordenadora artística do grupo de palhaços.  

Amanda Leite assistiu à apresentação do próprio leito e não se conteve. “Pede pra eles voltarem aqui só mais uma vez”, disse após duas voltas dos palhaços pelos corredores da internação do HCB. “É isso que queremos”, comenta Ana Flávia, “desdramatizar o universo hospitalar”. Porém, não só crianças da UTE e internação tiveram oportunidade de assistir as palhaçadas. O grupo, além de show aberto no hall, percorreu todas as salas de espera do Hospital.

E tem mais: ‘Risadinha’ retorna ao Hospital da Criança de Brasília nos dias 17 e 24 de março, sempre às 14h.