Por um melhor diagnóstico

19/09/2017

A I Jornada Pediátrica de Gastroenterologia, Hepatologia e Nutrição do Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) foi realizada na quinta e sexta-feira (24 e 25/08/17). O evento, que contou com a presença de médicos e profissionais da saúde do Distrito Federal e de outros estados, foi marcado pelo lançamento das Diretrizes Clínicas do HCB e teve como objetivo o aprendizado para que os pediatras consigam dirigir um diagnóstico melhor para o paciente.

Segundo Raissa Menezes, patologista no Centro Integrado de Anatomia Patológica de Brasília (Ciap), “O objetivo principal foi orientar médicos e profissionais da saúde para que, quando receberem um laudo, possam interpretar mais adequadamente o que o patologista quer dizer. Mesmo que os profissionais não examinem biópsias, como eles recebem o laudo, têm que saber o que estou falando”.

Luiza Nicolau, patologista do Laboratório Brasiliense, também reforçou as vantagens de um bom entendimento do laudo patológico e das biópsias. “Os médicos e especialistas irão conseguir entender melhor quais são as alterações que o paciente tem e, no fim das contas, o paciente será beneficiado por um médico que tenha uma visão não só da clínica, mas que conheça um pouco mais”, explicou.

O endoscopista e professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Paulo Bittencourt falou sobre os riscos da ingestão de corpos estranhos e de produtos cáusticos pelas crianças. “A principal recomendação é ter cuidado com o ambiente: não manter objetos pequenos ao alcance das crianças, fazer o máximo possível para evitar a ingestão”, alertou Bittencourt.

Durante a jornada, foram lançadas oficialmente quatro diretrizes clínicas do HCB ligadas à gastroenterologia: “Ingestão de substâncias cáusticas”, “Ingestão de corpos estranhos”, “Doença Inflamatória Intestinal” e “Obesidade”.

 

Texto: Allan Michael
Fotos: Juceli Cavalcante
Edição: Carlos Wilson
Coordenação de Comunicação: Ana Luiza Wenke