Pacientes do HCB celebram o Natal

24/12/2015

A Semana de Natal do Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB), que teve início na segunda-feira (14/12/15), seguiu até a quarta-feira seguinte (23/12/15) com programação variada.

A sexta-feira (18/12/15) começou tecnológica. A equipe de robótica UnBeatables, formada por alunos e professores da Universidade de Brasília (UnB), voltou ao Hospital trazendo os robôs RoNAOdo e NAOmi. Acompanhados dos robôs, os integrantes da equipe encenaram uma história natalina, brincaram com os pacientes e decoraram uma pequena árvore de Natal.

Manuella Nogueira (foto acima), oito anos, resumiu a história a que assistiu: “O Grinch roubou a lista de presentes. Ele é todo verde e tem um coraçãozinho bem pequenininho. Ele estava aqui hoje, também”.

Eryck Santos (foto acima), oito anos, gostou de ver o robô vestido de Papai Noel. “Ele conversou com a gente sobre o Natal. Eu acho o Natal legal, gosto de brincar de bola”, contou o menino.

A tarde, as crianças assistiram à apresentação de dança do grupo SejaCharme. Geovanna Ribeiro, nove anos, sentiu vontade de aprender as coreografias: “Nunca vi ninguém dançar assim; estou gostando, achei legal. Acho que é difícil, mas quero aprender”.

Assim que o grupo convidou os pacientes para o baile, Caio Alexandre Silva (foto acima), 10 anos, entrou na dança. O menino tem um truque para arrasar nas coreografias: um jogo de videogame: “Aprendi os passos, foi fácil. Eu não danço muito, mas gosto de treinar no Just Dance, em casa”.

Sônia Maria, integrante do SejaCharme, explica que o charme é uma cultura mais popular no Rio de Janeiro e que envolve cinco elementos: dança, música, atitude, pessoa e estética. “O grande diferencial da dança charme é que ela não tem toque; é uma dança coletiva, mas os passos são individuais”, explicou Sônia Maria. Ela acrescenta que, por causa dessas características, “o charme pode ser dançado por adolescente, criança, mãe, pai, vó. Todo mundo dança, não tem restrições”.

Na segunda-feira (21/12/15), os pacientes ouviram os corais Elos de Luz e Unicanto. Os dois grupos se uniram para apresentar canções natalinas e as crianças menores aproveitaram o momento.

Vítor Chaves (foto acima), três anos, acompanhou a apresentação no hall do HCB, aconchegado a sua avó Maria do Carmo Cunha. A mãe do menino, Mariana Chaves, disse que “ele é encantado com música, então isso acalma, é bom para passar o tempo”.

Já Giovana Costa (foto acima), três anos, mostrou que canções de Natal também são boas para dançar. Sua mãe, Giulyane Costa, explicou que a filha “é apaixonada por dança e aprende um monte de música. O irmão mais velho chega em casa e canta algumas para ela, aí ela também aprende a cantar”.

Pedro Ramirez, regente do Elos de Luz, contou que “essa foi a primeira apresentação do coral em um hospital pediátrico. Achamos uma delícia, a criança se entrega à música”. Ele se emocionou ao receber a gratidão do público. “Um menininho veio me dar um abraço gostoso, no final, que foi uma coisa maravilhosa”, afirmou.

Na terça-feira (22/12/15), foi a vez da palhaça Zulpeta divertir as crianças. Com bom-humor e truques de mágica, ela arrancou sorrisos de pacientes como Layla dos Santos, 14 anos. “Quando vou ao circo, gosto dos palhaços, dos equilibristas, dos acrobatas... Também gosto de mágica, gostei da mágica que ela fez com um pano”, disse Layla, que ficou tentando desvendar os truques de Zulpeta. “Não sei como ela fez, mas gostei. Ela mostrou que palhaço e Natal combinam, foi divertido”, disse a menina. A Semana de Natal terminou na quarta-feira (23/12/15), com a visita do Papai Noel.

 

Texto: Maria Clara Oliveira
Fotos: Augusto Almeida, Luís Felgueira e Maria Clara Oliveira

Edição: Carlos Wilson 
Coordenação de Comunicação: Ana Luiza Wenke