Mel recebe alta da UTI do Hospital da Criança de Brasília

22/05/2019

Mel Vieira, uma das gêmeas craniópagas (ligadas pela cabeça) que passaram por cirurgia de separação no Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) em 27 de abril, recebeu alta da UTI no dia 21 de maio e já foi transferida para a Unidade de Internação (UIN) do HCB. Sua irmã, Lis, continua em acompanhamento na UTI, ainda sem previsão de alta; segundo a equipe médica, a recuperação de Lis segue o cronograma esperado para o tipo de cirurgia realizado.

Antes de deixar a UTI, Mel visitou Lis – as irmãs não se encontravam desde a cirurgia. Segundo a mãe das meninas, Camilla Vieira, o momento foi emocionante. “Elas ficaram se olhando, como se estivessem se reconhecendo. Colocamos elas sentadas mais perto, pegaram na mão uma da outra, tentaram pegar a roupa da outra; acho que foi um momento de paz delas. Foi a coisa mais linda, finalmente elas estavam ali, juntinhas”, disse.

Como várias crianças da mesma idade – as irmãs completam um ano no dia 1º de junho –, Mel e Lis tentam conversar, dão gritinhos de felicidade e já arriscam palavras como “mamãe” e “neném”. As irmãs jogam beijo (especialmente para a mãe), dão “tchau” com as mãozinhas e são muito sorridentes, ativas e sapecas.

Enquanto divide seus cuidados entre a UTI e a Unidade de Internação (UIN), Camilla espera que Lis também receba alta e já se prepara para as próximas etapas no crescimento das meninas. “A gente ainda tem uma longa batalha; são dois bebezinhos de novo. O apoio que elas tinham para ficar em pé, para engatinhar, hoje elas precisam fazer sozinhas. Então é uma longa batalha de fisioterapia por aí, mas elas são duas guerreiras”, garante a mãe.

Mel e Lis foram separadas aos 10 meses de idade, em cirurgia realizada no dia 27 de abril, que teve duração total de 20 horas e contou com mais de 50 profissionais, a maioria do Hospital da Criança de Brasília (HCB), além de cirurgiões plásticos do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN) e cinco profissionais americanos. Este foi o primeiro caso de separação de craniópagos no Distrito Federal e o terceiro no Brasil.

 

Para outras informações sobre a cirurgia, clique aqui.

Link para imagens de vídeo: https://we.tl/t-2M67imFnVZ

Crédito das fotos: Maria Clara Oliveira/Divulgação/Hospital da Criança de Brasília