Mais atenção para a oncologia pediátrica

01/12/2014

Dos dias 27 a 30 de novembro, médicos, enfermeiros, psicólogos e outros profissionais da área assistencial do Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) participaram do XIV Congresso Brasileiro de Oncologia Pediátrica, realizado no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília.

O evento reuniu profissionais envolvidos no diagnóstico, tratamento e pesquisa em oncologia pediátrica, buscando os avanços nessa área. A diretora técnica do HCB e presidente do congresso, Isis Magalhães, expressou, ainda na abertura, o desejo de que o encontro não fosse “apenas uma oportunidade de fluxo de novos conhecimentos, mas também de reflexão e de discussões profundas”. Ao longo do congresso, Isis Magalhães também reforçou a necessidade de manter a discussão no país inteiro. “É preciso propor que o tema ‘câncer na criança’ passe a comparecer com relevância máxima, primeira prioridade em todas as instâncias e agendas de saúde no nosso Brasil”, afirmou.

Durante o evento, o câncer infantil foi tratado sob a ótica de diversos temas – pela primeira vez, o Congresso Brasileiro de Oncologia Pediátrica teve abordagem multidisciplinar, dando espaço a várias especialidades. Essa inovação foi elogiada pelos participantes. De acordo com a psicóloga do HCB Silvia Coutinho, “não só a oncologia pediátrica, mas o atendimento da pediatria de modo geral não tem o mesmo efeito nem a mesma eficiência sem o trabalho de equipe”.

Ao longo do congresso, foram realizadas discussões sobre políticas públicas voltadas à oncologia pediátrica e exposições de trabalhos acadêmicos, criando um intercâmbio entre pesquisadores de diversas partes do Brasil. Para a psicóloga Liliane Lopes, do HCB, esse contato “ajuda a aprimorar nossa experiência, a verificar algumas práticas que já estão sendo compartilhadas, a trazer algumas novidades, também, que outras instituições não tinham”.

Para Cristhiane de Aguiar, secretária adjunta da Secretaria de Saúde do DF, a realização do Congresso de Oncologia Pediátrica na capital do país é um evento histórico. “Esse congresso vem ao encontro de todo o nosso projeto futuro para o Hospital da Criança de Brasília, que é ampliar os pavilhões e trazer mais acesso a essa parte de oncopediatria”, afirmou a secretária adjunta.

Durante o congresso, participantes do evento realizaram visitas guiadas ao HCB, para conhecer mais sobre a forma como o hospital trata os pacientes da oncologia. A enfermeira Cíntia Hirome, do Grupo de Assistência à Criança com Câncer (Gacc), em São José dos Campos (SP), compara o HCB a seu cotidiano em São Paulo. “Nosso hospital tem um número menor de atendimentos – mas ele é só oncológico, aqui é pediátrico geral”, explica. Quem não visitou o HCB pôde se informar em um estande do hospital no próprio congresso.

 

Texto: Maria Clara Oliveira
Edição: Carlos Wilson 
Coordenação de Comunicação: Ana Luiza Wenke