Justiça mantem superintendente do HCB

02/12/2016

A liminar que afastou provisoriamente o superintendente executivo do Hospital da Criança, Renilson Rehem foi derrubada por uma desembargadora do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, que concedeu efeito suspensivo a recurso interposto pela Procuradoria Geral do Distrito Federal.
A liminar que provocou o afastamento foi requerida pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios e concedida em primeira instância pela Terceria Vara da Fazendo Pública.  A justificativa foi a falta de cooperacão com as investigações promovidas pela Câmara Lesgislativa do Distrito Federal.
A desembargadora fundamenta na sua decisão que o afastamento foi uma medida extrema que poderia resultar em dano desproporcional de difícil reparação para o Estado. Renilson Rehem volta a assumir o Hospital após devidos tramites legais.