Hospital que não pode se perder

30/04/2018

Na segunda-feira (23/04/18), o Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) recebeu a visita da Associação Médica de Brasília (AMBr). Os membros da diretoria da associação conheceram as instalações do HCB e manifestaram seu apoio ao Instituto do Câncer Infantil e Pediatria Especializada (Icipe), responsável pela gestão do Hospital.

Para o presidente da AMBr, Ognev Cosac, é preciso “chegar à última instância e ter todos os direitos de defesa” para que a questão seja resolvida. “O que não se pode perder é esse tratamento que a população merece ter”, afirmou.

Aloisio Nalon de Queiroz, diretor econômico-financeiro da AMBr, se mostrou preocupado com a possibilidade de alteração na gestão do HCB. “Querem desmantelar esse modelo de gestão e passar para o GDF, que não segue nenhuma gestão parecida ou próxima à que conhecemos referente ao Hospital da Criança. Temos que aguardar a decisão e torcer para que, de alguma forma, se contornem esses problemas que foram indicados pela justiça”, disse o diretor.

Depois da visita, os representantes da AMBr ainda elogiaram a estrutura e administração do HCB. “O cronograma administrativo de tratamento de saúde da criança, principalmente quando se diz respeito a outros tratamentos da parte oncológica, é fantástico. Esse projeto que está vindo, com o segundo bloco ampliando o Hospital, não pode se perder de forma alguma”, disse Cosac.

 

Texto: Viniciús Ramos
Foto: Maria Clara Oliveira
Edição: Carlos Wilson
Coordenação de Comunicação: Ana Luiza Wenke