Homenagem a quem lutou pela pediatria.

26/07/2013

Na cerimônia realizada na quinta-feira (25/07/2013) pelo Hospital da Criança de Brasília – HCB, quatro pediatras do setor de emergência do Hospital de Base foram homenageados com placas de reconhecimento e com uma edição especial impressa do Caderno de Desenhos 1 e 2 do Hospital. O trabalho dos quatro profissionais aposentados foi fundamental para o atendimento especializado para crianças. Eles deram apoio para implantação do atendimento pediátrico de nível terciário na rede pública do DF.

Os pediatras Colemar Antônio da Cruz, Wellington Sebastião, João Rodrigues de Almeida Neto e Maria Graça Akuamoa receberam a homenagem de colegas, como a diretora técnica do HCB - Isis Magalhães e a coordenadora do corpo clínico - Elisa Carvalho. Todos trabalharam juntos na equipe de Oscar Moren, que assumiu a chefia da Unidade de Pediatria do Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) em 1961. Moren, que esteve na solenidade, ressaltou que o reconhecimento aos quatro pediatras é mais do que merecido. “Quero parabenizar os idealizadores dessa homenagem, para resgatar a história e ao mesmo tempo parabenizar os quatro profissionais por tudo o que fizeram. Certamente os quatro têm lugar garantido na história dessa cidade ” disse.

A cerimônia foi aberta pelo diretor do HCB, Renilson Rehem e pelo Secretário da Saúde em exercício, Elias Miziara. Os dois deram as boas vindas aos convidados. Em seguida, a Isis Magalhães destacou o compromisso do HCB com a história da pediatria no Distrito Federal. Um dos momentos mais emocionante foi quando Elisa de Carvalho mostrou em sua apresentação fotos antigas e lembrou momentos especiais como as cobranças rígidas de horários feitas por Oscar Moren.

Representando o Conselho Federal de Medicina, o médico José António Ribeiro Filho, que também foi Diretor do Hospital de Base, disse que estava emocionado em rever os colegas e confessou a todos que, ao se aposentar, se recusou a devolver o crachá pelo orgulho em fazer parte dessa equipe.

O subsecretário de gestão participativa do DF – José Bonifácio Alvim destacou que essa homenagem deve servir como um grande aprendizado aos pediatras jovens que estão começando. “Eles começam já neste hospital, um hospital que preza pela qualidade de atendimento à população, com respeito e dignidade com esses cidadãos tão sofridos. Então acho que esse momento é histórico para as pessoas que estão sendo homenageadas e é histórico para os jovens que estão aqui”, afirmou Alvim.

Na ocasião foi apresentado o livro sobre imagens das articulações na infância e adolescência lançado por profissionais do HCB, Sérgio Viana, Maria Custódia e Bruno Beber Machado; "Joint Imaging in Childhood and Adolescence".

Os convidados participaram também do primeiro hasteamento da bandeira do Hospital da Criança de Brasília e cantaram o Hino Nacional Brasileiro, acompanhados pelo Batalhão da Polícia do Exército Brasileiro.  Ao final foi oferecido café da manhã no auditório, enquanto na entrada central, a banda do Batalhão da Polícia do Exército apresentava os instrumentos e tocava músicas para as crianças.

A cerimônia encerrou a homenagem do Hospital da Criança de Brasília aos pediatras, que foi iniciada com uma campanha interna (acima) em que fotografias dos médicos do hospital foram misturadas com fotos dos pacientes.

Depoimentos dos homenageados:

Colemar Antônio da Cruz.

“Não sei explicar porque escolhi a Pediatria. Mas hoje, só sei que foi a escolha certa. Esse hospital, o HCB, será modelo para a verdadeira Pediatria em Brasília”.

Maria da Graça Brito da Silva.

“Quando eu era criança eu queria ser professora, mas tentei o vestibular de medicina e fiquei em 4º lugar. Eu não poderia amar mais a minha profissão, eu amo o que faço. O Hospital da Criança está aqui para preencher cada vez mais as necessidades das nossas crianças”.

João Rodrigues de Almeida Neto

“Aqui foi falado em gigantes, eu não me considero um gigante eu me considero um baixinho tentando fazer o trabalho dos gigantes, durante todo esse tempo eu me considerei assim. Eu não agradeço a homenagem e sim a lembrança por que a homenagem eu não mereço”.

O pediatra Wellington Sebastião de Almeida Ghil estava fora de Brasília. Ele mandou uma mensagem agradecendo a homenagem e enfatizando que todos os colegas homenageados estão sempre em seu coração.