HCB na Copa do Mundo

21/06/2018

Começou a Copa do Mundo de 2018. Na entrada do Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB), Erik Peixoto (foto acima), 13 anos, busca uma televisão com o olhar. Rapidamente, vê um grupo de pais e mães assistindo a um jogo antes de ser chamado para sua consulta. “Espero que os jogadores deem bastante drible e que o Brasil ganhe!”, conta o menino. Vestido com a blusa da seleção brasileira, ele diz que gostaria de ver uma decoração mais verde e amarela durante a Copa e que é fã do esporte: “Eu acho até que vou jogar um pouco de futebol quando sair daqui”.

David da Costa, 16 anos, vem ao HCB desde janeiro de 2017. Praticante de jiu-jitsu, ele acompanha de forma crítica a atuação brasileira na Copa. “O Brasil jogou bem, tem chance, só os erros do juiz que não colaboraram no primeiro jogo: aquele pênalti que não foi marcado, aquele gol da Suíça que devia ser anulado...”, explica.

Lívia Brandão (foto acima), nove anos, também gosta de futebol. Admiradora de Gabriel Jesus e Neymar, ela espera um placar favorável nos próximos jogos da seleção. “O Brasil ainda vai fazer 5x0”, afirma.

Durante a Copa do Mundo, o Hospital da Criança de Brasília funciona normalmente. Em dias de jogos do Brasil, porém, o horário de atendimento ambulatorial sofre mudanças. Na sexta-feira (22/06/18), quando o Brasil joga pela manhã, as consultas começam às 13h. Já na quarta-feira (27/06/18), quando a seleção entra em campo à tarde, os atendimentos se encerram às 13h.

Na segunda-feira (02/07/18), quando o Brasil enfrenta o México pelas oitavas de final, o atendimento será interrompido às 10h e retomado às 14h.

 

Texto: Átila Lima
Fotos: Allan Michael e Maria Clara Oliveira
Edição: Maria Clara Oliveira
Coordenação de Comunicação: Ana Luiza Wenke