HCB completa oito anos e homenageia parceiros culturais

25/11/2019

Desde sua inauguração, em 2011, Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) buscou oferecer tratamento humanizado às crianças e adolescentes encaminhados para seus serviços – tanto no ambulatório quanto na internação.

Ao longo de 2019, os seis blocos da internação (que completaram seu primeiro ano de funcionamento) foram espaços não apenas de cuidados da equipe assistencial, mas também das ações de humanização: as crianças receberam a visita de um cachorro, de um cavalo campeão de competições do Exército Brasileiro e de outros animais, como uma galinha cantora, que é personagem infantil famoso. Passaram a contar, também, com carrinhos especiais para o caminho até a realização de exames e procedimentos.

A internação recebeu, ainda, voluntários e artistas convidados a se apresentar no HCB, que foram homenageados durante a cerimônia que celebrou o oitavo aniversário do Hospital. O maestro Cláudio Cohen, da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro, lembrou que a parceria da orquestra com o HCB já é antiga. “Para nós, é sempre uma satisfação estar aqui. Desde a pedra fundamental e em várias outras etapas, a orquestra tem estado presente no hospital, porque acreditamos que a música ajuda a saúde”, afirmou Cohen durante apresentação dos músicos ao início da cerimônia.

O pianista Jorge André, que se apresenta no hall central do HCB duas vezes por dia há seis anos, também recebeu o reconhecimento por seu papel na humanização do Hospital. “É uma troca bonita entre as crianças e eu, um trabalho maravilhoso; me sinto honrado por essa homenagem”, disse o músico.

Segundo o artista plástico Carlos Otávio Pontual Júnior, responsável pelas ilustrações que decoram os diferentes espaços do Hospital, colaborar com o projeto “é uma honra e um privilégio”. Para ele, é importante participar da missão do HCB: “É muito bom quando o trabalho da gente serve para uma causa maior. Me sinto muito honrado por fazer parte disso”.

O projeto Hospital do Ursinho, desenvolvido por estudantes de medicina da Universidade de Brasília (UnB) e com atuação mensal no HCB, também foi reconhecido durante a cerimônia de aniversário. “Nossa ação de humanização, envolvida pela ação do Hospital, é uma parceria que tem dado certo; temos muitos ideais em comum”, explicou Guilherme Buitrago, representante do projeto.

Foram homenageados os parceiros culturais mais frequentes, que ajudam a levar alegria aos pacientes e a diminuir a dureza dos tratamentos. São eles:

Banda de Música do Batalhão de Polícia do Exército de Brasília;

Carlos Otávio Pontual Júnior, ilustrador;

Coro IBLN;

Detran-DF;

Hospital do Ursinho de Brasília;

Jorge André, pianista;

Jorge Loureiro, Papai Noel;

Néia e Nando Cia Teatral;

Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro;

Polícia Rodoviária Federal;

Remédio Musical;

Sesc-DF;

Sinfonia da Saúde.

 

Texto: Maria Clara Oliveira
Fotos: Juceli Cavalcante
Edição: Carlos Wilson
Gerência de Comunicação: Ana Luiza Wenke