HCB+: combate ao fumo

24/09/2015

Os funcionários do Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) participaram, nos dias 10 e 11/09/15 (quinta e sexta-feira), de atividades especiais lembrando o Dia Nacional de Combate ao Fumo, comemorado em 29 de agosto. Os participantes assistiram ao filme “Obrigado por fumar” e a duas palestras sobre tabagismo.

A médica do trabalho do HCB, Gabriella Oliveira, falou aos participantes sobre as consequências do tabagismo, o teste Fagerström (que permite medir o nível de nicotina no sangue) e sobre diversas formas de combate às doenças causadas pelo cigarro.

Oliveira informou ainda os riscos que os não fumantes correm ao partilhar ambientes com os fumantes e as doenças a que os consumidores de cigarros estão expostos, sobretudo as respiratórias, como rinite, asma, bronquite e enfisema pulmonar, e as crônicas, como câncer de língua, de esôfago, de bexiga, de mama e de pulmão.

As atividades de combate ao fumo fazem parte das ações do HCB+, programa de qualidade de vida voltado para os funcionários do Hospital. “A ideia é fazer um mapeamento no Hospital para sabermos quantos fumantes temos, para poder atingir este público e garantir uma melhor eficiência do projeto”, afirma Gabriella Oliveira.

Segundo a palestrante, o sistema público tem montado estratégias para reduzir o número de fumantes. Entre as ações estão a busca por sensibilização deste grupo e a demarcação de áreas para fumantes, bem como a proibição do consumo de cigarros dentro das empresas. “Hoje, há empresas que regulam estes espaços e, em caso de violação destas regras, as empresas ou qualquer instituição estarão sujeitos a pagar uma multa”, explicou Gabriella, e completou: “outra ideia é ao aumento de impostos sobre cigarro, o que também dificultaria o consumo”. 

 

Texto: Luís Felgueira
Edição: Carlos Wilson 
Coordenação de Comunicação: Ana Luiza Wenke