Festival de palhaços

17/05/2016

De segunda a sexta-feira (09 a 13/05/16), o Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) recebeu a arte da palhaçaria. Parte da programação do Sesc Festclown, promovido de quarta-feira a domingo (11 a 15/05/16) pelo Serviço Social do Comércio (Sesc), foi apresentada no HCB.

Na segunda-feira (09/05/16), os pacientes assistiram a filmes sobre o circo. “Eu gostei; gosto de filmes, de ir ao cinema e comer pipoca”, afirmou Taylor da Silva, cinco anos, que também é fã do circo: “gosto de palhaço”.

Na quinta-feira (12/05/16), os artistas do Projeto Risadinha interagiram com as crianças, arrancando gargalhadas. Ana Clara Ribeiro, seis anos, não parava de rir das brincadeiras “do palhaço com o nariz preto”.

Se apresentando desde 2002, o Risadinha sempre trabalhou em hospitais, embora os integrantes do grupo também atuem em teatro e picadeiro. “A diferença é que em hospital não tem público, os pacientes não estão esperando a gente chegar com uma apresentação artística. A gente tem um planejamento, uma ação, e sente se ela vai ou não ser executada na totalidade de acordo com a realidade de cada lugar, cada leito”, explicou o palhaço Gustavo Reinecken.

Os pacientes atendidos na sexta-feira (13/05/16) assistiram às palhaças do projeto Doutoras, Música e Riso. “Elas tinham que ficar mais tempo, são muito legais”, disse Daniel de Souza, 14 anos.

As Doutoras passearam pelo HCB interagindo com os pacientes. “A gente precisa ter respeito e cuidado para não quebrar aquele encantamento que foi construído com a criança. Quando está doente, ela não deixa de ser criança; ela está com a gente, no nosso jogo”, explica Antônia Vilarinho, uma das palhaças.

Organizado pelo Sesc há 14 anos, o Festclown é um festival de palhaçaria que busca divulgar a cultura do circo. O evento reúne palhaços brasileiros e de outros países para apresentações em diferentes locais, como salas de teatro, ruas, praças, escolas e hospitais. Além das intervenções, o festival conta com a apresentação de filmes com temática circense e oficinas de palhaçaria.

 

Texto e fotos: Maria Clara Oliveira
Edição: Carlos Wilson
Coordenação de Comunicação: Ana Luiza Wenke