Evento reúne comunicadores no HCB

02/06/2015

O Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) promoveu, com apoio da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde, nos dias 28 e 29 de maio, seu I Encontro de Comunicação. Com palestras, entrevistas e mesas redondas, o evento buscou promover o debate sobre comunicação na saúde. A abertura do encontro teve a presença do chefe da Casa Civil do Distrito Federal, Hélio Doyle; do secretário de Saúde, João Batista de Sousa; do superintendente executivo do HCB, Renilson Rehem; do presidente do Instituto do Câncer Infantil e Pediatria Especializada (Icipe), Newton Alarcão, e da presidente da Associação Brasileira de Assistência às Famílias de Crianças Portadoras de Câncer e Hemopatias (Abrace), Ilda Peliz.

Durante o evento, Hélio Doyle ressaltou a importância da comunicação na saúde. “Você lida com um tema muito sensível às pessoas, à sociedade, e tem permanente crise. Então é uma demanda infinita, mas uma demanda que tem que ser atendida. Nós temos que trabalhar para que seja cada dia melhor, e a comunicação é fundamental nesse processo”, afirmou o chefe da Casa Civil.

O secretário João Batista de Sousa observou que a comunicação existe de diversas formas. “Essa comunicação é muito importante; a comunicação com a população, a comunicação que nós fazemos por meio das mídias, que levam as informações de saúde para a população”, explicou o secretário de Saúde, lembrando que “a comunicação, quando feita de forma correta, segura, é benéfica para todos, sobretudo para os usuários do sistema de saúde e para os servidores, os profissionais e colaboradores de qualquer unidade de saúde”.

O superintendente executivo do HCB, Renilson Rehem, destacou que, como o HCB é um hospital pediátrico, a comunicação é um pouco mais complexa. Segundo o superintendente, “a relação já não é o profissional com o paciente; é o profissional com o paciente, que muitas vezes não tem tanta capacidade de comunicação, e com a família”. Ele também falou sobre a importância da comunicação interna: “O hospital é uma estrutura muito complexa, tem vários atores em posições e papeis muito distintos, mas todos têm que estar focados no mesmo objetivo, então temos que trabalhar a comunicação”.

Voltado a profissionais de comunicação que atuam na saúde, o encontro teve mesas redondas sobre gestão de crise, comunicação estratégica e redes sociais. Houve troca de opiniões e experiências entre os participantes do evento e especialistas em cada assunto, como a chefe da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, Carmem de Lavor; o chefe da assessoria de imprensa e informação do Ministério da Saúde, Renato Strauss; o consultor de comunicação e saude André Falcão, o publicitário Eliel Allembrandt e o médico ginecologista e obstetra e responsável técnico pela Rede Oncovida, Ricardo Cabral.

Os jornalistas Júlio Mosquéra, da Rede Globo, e Henrique Chaves, da Rede Record, foram entrevistados durante o evento, de modo a esclarecer a relação entre imprensa e saúde pública. O Pós-Doutor em Comunicação Luis Carlos Iasbeck ministrou uma palestra sobre comunicação na mediação de conflitos, e a enfermeira Ana Claudia Puggina falou sobre a comunicação interpessoal na assistência.

O I Encontro de Comunicação do HCB foi encerrado com a oficina Comunicação direta com adolescentes, com a presença do médico e psiquiatra Jairo Bouer. No hall do hospital, o convidado respondeu perguntas de pacientes, pais e funcionários do HCB, tirando dúvidas sobre a saúde dos adolescentes.

Texto: Maria Clara Oliveira
Fotos: Juceli Cavalcante

Edição: Carlos Wilson 
Coordenação de Comunicação: Ana Luiza Wenke