Elas têm a idade do Hospital

24/11/2015

 

Em 2015, o Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) comemora quatro anos de funcionamento. O HCB atende crianças e adolescentes, mas há vários pacientes que têm a mesma idade o Hospital. Aqui, alguns deles falam sobre suas vidas com quatro anos:

 

Nara Pereira já chega ao HCB se divertindo: seu lugar preferido no Hospital é o parquinho que fica logo na entrada. “Eu adoro brincar. Quando venho ao hospital brinco em todos os brinquedos do parquinho”, conta.

Thiago Ferreira também é fã do parquinho: sua mãe, Paula de Almeida, conta que é difícil tirá-lo de lá. “Ele gosta muito de brincar em parquinhos. Aliás, qual é a criança que não gosta?”, pergunta Paula.

No hall de entrada do Hospital, um trenzinho atrai a atenção das crianças mais novas – entre elas, Eduardo dos Santos. O menino diz que “nunca vi um trem de verdade, mas acho muito legal. Um dia quero andar em um”.

Enquanto Eduardo gosta de trens, Davi Jesus Ferreira diz que adora brincar com carrinhos: “eu gosto muito de carros. E ainda mais de trator, acho muito legal. Um dia quero dirigir”.

Ana Luíza Ramos se divertiu em uma das brinquedotecas do Hospital da Criança de Brasília. A menina conta que gosta de animais: “Quando eu fui ao zoológico, o animal que eu mais achei legal foi o leão. Mas o cachorro é o meu favorito. Pena que minha mãe não gosta, aí eu tenho que brincar com o cachorro da vizinha”.

Quando entra na brinquedoteca do HCB, Izabella de Jesus corre para as bonecas: “Gosto muito delas. A Barbie é a minha boneca favorita, acho os vestidos dela muito bonitos”.

Para Davi Gabriel Viana, vir ao Hospital é divertido e ele já fez amizade com outros pacientes do HCB. “Tenho vários amigos. Aqui, eu brinco com muita gente”, conta o menino.

Isabely Rebeca Lima gosta de brincar enquanto espera ser chamada para a consulta. Sua diversão preferida, porém, é na água: “Gosto de ir para a piscina, nadar e boiar. Aprendi isso com meu pai e minha mãe”.

Antes do atendimento médico, Lucas Gabriel brinca com o jogo de cartas Uno, mas diz quais são as duas coisas que mais gosta de fazer quando está em casa: “O que eu mais gosto de fazer é soltar pipa. E dormir também. Mas soltar pipa é melhor. Eu sou muito bom”.

Nikolle Oliveira decidiu brincar no pula-pula do HCB. Entre um salto e outro, ela conta que também gosta de dançar. “Eu faço balé desde os dois anos de idade. Meu passo favorito é o plié”, diz a menina, que também é fã do filme Frozen: “Sei até cantar a música”.

Outra fã de animações é Esther Pires. Enquanto colore um desenho da Peppa Pig na brinquedoteca, ela mostra que sabe os nomes dos personagens do desenho animado: “Eu gosto muito da Peppa Pig. Gosto do George, da Suzy, do Papai Pig, da Mamãe Pig, de todo mundo. Assisto a todos os episódios”.

Já Davi Manuel Coutinho é fã de super-herois – especialmente do Ben 10, que ele chama de “menino do relógio”. O garoto, que é atendido no HCB, afirma: “Quando ele vira o bicho do fogo, eu acho muito legal. Também gosto do Batman e do Homem Aranha”.

Ítalo Fernandes também gosta de super-herois, e assiste aos filmes dos seus preferidos: “Gosto do Super-Homem, do Homem Aranha, mas prefiro o Batman. Já assisti alguns filmes e vou ver mais uma vez!”.

O jogo “Eu sou?” é o mais pedido pelos pacientes que frequentam as brinquedotecas do Hospital da Criança de Brasília. Flávia Gabrielle jogou pela primeira vez no HCB, mas é fã de outra brincadeira: “Minha favorita é o jogo da memória. Acerto todos de uma vez”.

Mais sobre os 4 anos do Hospital da Criança de Brasília

Programação das comemorações dos 4 anos do HCB

O HCB e a marca presente de José Alencar

 

Texto: Augusto Almeida
Fotos: Augusto Almeida e Luís Felgueira

Edição: Carlos Wilson 
Coordenação de Comunicação: Ana Luiza Wenke