Brincadeiras e adaptação

20/03/2017

Um tatame ocupou parte do hall do Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) na tarde de sexta-feira (10/03/17). A novidade foi trazida por lutadores de jiu-jitsu da academia Gracie Barra, de Valparaíso II, que organizaram uma série de brincadeiras como corrida e de cabo de guerra.

Uma das brincadeiras, porém, foi a preferida de Yasmin de Santana (foto acima, de cor de rosa), nove anos. “O mais legal da tarde foi a brincadeira de pular corda! Eu gosto muito, sempre pulo com minha irmã e minhas amigas. Ser a campeã da corda foi legal”, disse a menina – que conseguiu pular 28 vezes sem parar, batendo o recorde das outras crianças.

Joriam Cardoso (foto acima), 11 anos, também se divertiu com os jogos, apesar de se interessar mais por outro tipo de arte marcial. “Gosto mais ou menos de lutas, prefiro karatê; a parte mais legal de hoje foram as brincadeiras”, contou.

Enquanto descansavam depois de brincar, as crianças assistiram a uma demonstração de jiu-jitsu. O lutador Kelvin Clay (foto acima, de azul), um dos atletas que mostraram os golpes, vai participar do Mundial de Abu Dhabi 2017 como o primeiro brasileiro com deficiência física a competir. Segundo ele, a luta é aberta a todas as pessoas: “O jiu-jitsu é um esporte completo. Ele é tanto para quem não tem deficiência alguma, quanto para mim, quanto para homem, mulher, idosos; não tem diferença, todo mundo se adapta”.

O diretor da academia, Eliezer Dutra (foto acima) – conhecido pelos atletas como Piezi, dá aulas a crianças e organiza visitas como a realizada no HCB desde que Clay chegou à Gracie Barra. “A gente procura levar para essas crianças um pouco de felicidade, amor e do nosso trabalho”, explicou. Para ele, as visitas também são uma forma de mostrar as possibilidades do esporte: “O Jiu-jitsu, nesse exato momento, ganha o espaço de se apresentar, fazendo que as pessoas vejam nele uma esperança de melhora”.

 

Texto e fotos: Maria Clara Oliveira
Edição: Carlos Wilson
Coordenação de Comunicação: Ana Luiza Wenke