A sua ajuda é importante!

02/08/2013

O câncer atinge 3% do número de crianças e adolescentes no Brasil todos os anos segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). Muitos podem ser curados se conseguirem o tratamento certo, na hora certa. Para oferecer os melhores cuidados possíveis, a Associação Brasileira de Assistência às Famílias de Crianças Portadoras de Câncer e Hemopatias (Abrace) e o Hospital da Criança de Brasília (HCB) participam de campanhas para arrecadação de recursos.

O Mc Dia Feliz 2013 é uma dessas campanhas. Com a venda dos tíquetes que valem um sanduíche, serão comprados equipamentos de laboratório para pesquisa de doença residual mínima e dois veículos de 20 lugares para o transporte de crianças que recebem apoio na Abrace e fazem tratamento no Hospital.

O médico especializado em oncologia pediátrica do HCB, Luís Sakamoto, explica que com os novos equipamentos será possível oferecer a criança doses exatas de medicamentos. “Vai ser possível saber logo no início do tratamento se determinado paciente precisa de mais ou menos medicamento, com base no nível de resposta inicial à quimioterapia”, explica o especialista. Veja a entrevista completa do oncologista Luis Sakamoto.

Você é convidado a participar dessa corrente de solidariedade. Basta comprar um tíquete no valor de R$11,50 que poderá ser trocado por um sanduíche Big Mac, no dia 31 de Agosto, na Rede Mc Donald’s. Os tíquetes podem ser comprados na Abrace pelo telefone (61) 3212-6000.

Visitas Ilustres

Representantes de funcionários do Banco do Brasil, Poupex e da Rede de Farmácias Rosário visitaram o Hospital da Criança de Brasília para verem mais de perto o trabalho do HCB e da Abrace. Alguns já reservaram mais de 10 mil tíquetes para venda.  

Depoimentos

“Eu tenho aversão a hospital, não consigo entrar em nenhum, mas aqui foi diferente. Aqui todos estão felizes e sorrindo, as crianças estão brincando e é tudo muito colorido e bonito”.

Daniela Fernandes (Assistente de Negócios do Banco do Brasil)

“Aqui é muito legal, é muito bacana conhecer esse padrão de excelência aqui na nossa cidade. Eu não fazia ideia de como era o Hospital e me surpreendi positivamente. A gente percebe o diferencial na hora que a gente entra, do visual até a grande receptividade dos funcionários, não parece hospital”.

Luciane Clemente (Auxiliar Administrativa da Poupex)

“É uma causa à vida. Eu já tive um filho internado e sei o que é ter a vida de quem mais ama dependendo de um médico. Esse Hospital é um modelo, estou impressionado com o que eu vi aqui e com a qualidade do atendimento. É muito importante que a população ajude a manter essa qualidade, a gente nunca sabe quando pode precisar”.

Fernando Almeida (Gerente Administrativo do Banco do Brasil)

“Achei o hospital muito alegre, não vi pessoas tristes aqui, todas estão sorrindo! Percebi também muita dedicação dos funcionários, fica evidente que eles amam o que fazem. São todos muito preparados e dedicados”.

Gustavo Costa (Analista de Sistema da Poupex)

“O que eu achei mais interessante é poder ver que o dinheiro está sendo bem investido, é gratificante ver o retorno das doações. Esse Hospital cuida da saúde das nossas crianças e adolescentes, todos deveriam conhecer o belo trabalho que é feito”.

Johny Pereira (Assistente de Negócios do Banco do Brasil)

“Eu fiz a visita ao hospital no ano passado, mas esse ano eu fiz questão de vir de novo. Eu fico encantada com o trabalho que é feito aqui, porque é uma realidade completamente diferente que nós conhecemos nos outros hospitais públicos”.

Cristiane Barth (Auxiliar Administrativa da Poupex)